São duas ideias diferentes, mas com o mesmo intuito, iluminar o interior dos aros das rodas de bicicleta durante a noite e assim, reduzir o risco de colisão entre veículos motorizados e bicicletas. O resultado final é muito parecido com as motos que vemos no filme Tron, o Legado[bb].

Aura

Batizado de sistema Aura, está sendo desenvolvido por dois alunos do segundo ano do curso de desenho industrial da Universidade Carnegie Mellon (Pittsburgh – EUA), Jonathan Ota e Ethan Frier.

Esta tecnologia incorpora seis conjuntos, cada um com três LEDs e cada um dos LEDs é tricolor. Montado em ambas as rodas, o sistema de LEDs é alimentado por um dínamo, embutido no cubo da roda dianteira.

Os LEDs acendem, assim que as rodas começam a girar. A baixa velocidade os LEDs emitem uma luz vermelha, transitando posteriormente para branco assim que a bicicleta atinge uma determinada velocidade. O sistema pode ser desligado durante o dia, através de um interruptor montado no guiador.

O sistema não está a venda ainda, mas os estudantes já estudam formas de comercializar o Aura já que para criá-lo, contaram com uma bolsa da Universidade.

Abaixo o vídeo do projeto Aura [se estiver lendo via feed/rss, ou pela news enviada por email, clique aqui para assistir]:

Revolights

O outro sistema de iluminação é desenvolvido peloo inventor Kent Frankovich e os seus parceiros Adam Pettler e Jim Houk, em San Francisco Bay Area (Califórnia – EUA). Batizado de Revolights, é composto por dois aros, cada um com oito LEDs, que se encaixam em cada uma das jantes.

O sistema Revolights é alimentado um conjunto de baterias de lítio, montadas no cubo. As luzes foram calibradas para acender e apagar de acordo com a velocidade das rodas, de forma a iluminar apenas a metade da frente da roda dianteira e a metade de trás da roda traseira.

O sistema Revolight, além de projetar luz lateral (como o Aura), foi também desenhado, para projetar luz frontal, diretamente para a estrada (no caso da roda dianteira) e para os veículos vêm atrás (no caso da roda traseira). Tal como os veículos motorizados, a luz da frente é branca e a traseira é amarela, produzindo no total 134 lúmens.

A equipe do Revolights está atrás de doações para terminar o projeto e iniciar a sua comercialização. Eles acreditam que até o final do ano já estejam comercializando o produto a um preço de aproximado de 220 dólares.

Abaixo o vídeo do projeto Revolights [se estiver lendo via feed/rss, ou pela news enviada por email, clique aqui para assistir]:

Via Tecnologias de Último Grito


Categorias: Bicicletas

About Alessandro Temperini

Publicitário, blogueiro e motociclista. =)
  • http://www.facebook.com/andremdsilva André Moroni Dobrovolski Silva

    os caras tinhas q inventar uma coisa dessa pra moto né

  • Rhamonramyrez

    mandem mais informaçoes em meu e-mail por favor ex: como funciona, como montar, e tudo mais. mui to obrigado

    rhamonramyrez@hotmail.com

  • Adesivare

    http://www.adesivare.com.br

    Fazemos adesivos refletivos e adesivos fluorescentes, consultem-nos.

  • Brodereliandro

    Essa ideia é de grande importância para todos os ciclistas do mundo, e se a indústria de motocicleta perceber que esses LED’s nas rodas é uma tendencia a ser seguida. Além do beneficio funcional ainda ganharemos o estético. Cara é muito show de bola!!!